Estudos: Cora II

Era uma sexta-feira chuvosa e Cora se dirigia com um grupo de amigos para um bar perto da sua casa, onde iriam comemorar um aniversário. Ainda não havia recuperado corpo e mente da paixão dolorida que trouxera de Salvador, e até cogitara não ir. Mas, como fazia quase dois meses que não saía de casa,…

Amor e Solidão

Rilke define o amor como “duas solidões protegendo-se uma à outra”. Tolstoi diz que “o amor começa quando uma pessoa se sente só e termina quando ela deseja estar só”. As ideias até parecem antagônicas, mas, em verdade, são complementares. O amor depende do que você deseja fazer com sua solidão. Uma face da solidão…

Estudos: Cora I

Às 19 horas, no rádio que fica na antessala, onde os pacientes esperam para entrar em minha sala, inicia-se a Voz do Brasil. Neste horário, às terças e quintas, em Santa Teresa, é Cora quem aparece, normalmente com uma garrafa de água com gás nas mãos. Senta-se, abre a garrafa e escuta o borbulhar do…

Outra Eu

Uma semana antes do carnaval, eu perdi todas as fotos da minha vida. Todos os vídeos. Todos os textos que escrevi. Foi um soco no estômago, como se alguém tivesse me roubado a memória – que talvez seja a minha maior fonte de felicidade. A primeira reação foi de desapego. Não liguei. Em seguida, passei…

Ah, o verão!

Ficou doente naquele verão e, sem poder ligar o ar-condicionado para sobreviver, a sensação era de estar visitando o inferno. Não podia se cobrir, beber um chá de gengibre quentinho seria uma tortura. Comer também era difícil e dormir era uma experiência de sauna: pescoço e ombro suavam com o contato com o travesseiro. Aos…

De Branco

Branco é sinônimo de todo, união. Não pode simbolizar ausência, porque é a presença de todas as cores. Branco a todos ilumina, mas não a mim. Branco sequer me notou. Mas não o culpo, nem eu própria consigo notar o que há por debaixo das poucas e quase inaudíveis palavras que profiro e dos olhares…

Quem é?

  Isabel Cristina é do signo de gêmeos e fala por duas pessoas, Isabel e Cristina. Funciona mais ou menos assim: enquanto Isabel está pensando, Cristina está transformando esses pensamentos confusos em frases diretas e conclusivas. Isabel, tadinha, ela tenta, mas às vezes faz perguntas demais, pensa demais e resolve de menos. Isabel é questionadora,…

Foi Primavera

Ainda era início de setembro, mas a próxima estação já anunciava sua chegada, agitando a esperança que em mim ainda habita. As borboletas vieram com a brisa de primavera, que entrava pelas janelas, e se acomodaram em meu estômago. Lindas melancias começaram a ser desfiladas nas feiras de rua, sugerindo um presente ao paladar. E a expectativa…

Do poema que perdi

Por diversas vezes passei por aquela rua, mas nunca mais havia voltado àquela adega portuguesa onde, na parede, havia um lindo poema de Bertolt Brecht, cujo texto não conseguia me recordar de forma alguma. Mas sabia que alguma mensagem importante havia me passado. E, por isso, sempre pensava em retornar, em busca de suas palavras….

Em Negativo

Não sei o que pensar. Não sei o que fazer. Não quero esperar. Não quero saber. Também não quero procurar. Nem tentar entender. Não sei o que sentir. Não tenho palavras a dizer. É um estado constante de: não saber; não sentir; não dizer; não fazer. É viver em negativo. Não sei o que pensar,…